in

Sertanejos encontram no ‘resgate ao passado’ a estratégia para crescer no futuro


Por Luiz Felipe Rocha

Diz o ditado que às vezes é melhor dar um passo pra trás para dar dois pra frente. Na música sertaneja, a filosofia tem se feito cada vez mais presente na escolha dos repertórios dos cantores da nova geração, que apostam no ‘resgate ao passado’, com regravações de grandes clássicos do gênero, para alcançar o reconhecimento do público e trazer mais visibilidade para o lançamento de seus trabalhos autorais.

Hugo e Guilherme

Como não se lembrar do primeiro DVD ‘No Pêlo’, que projetou Hugo e Guilherme três anos atrás? A receita foi infalível: primeiro, conquistaram os fãs ao mostrar muito talento na regravação de diversos pot-pourri de modão, para hoje fazem sucesso com suas autorais, como ‘Pingo de Dó’ e ‘Coração Na Cama’. Vale destacar que é uma receita que, esporadicamente, não falha no sertanejo, e já fortaleceu nomes como João Neto e Frederico, Eduardo Costa, César Menotti e Fabiano, Edson e Hudson e Gusttavo Lima, que já dedicaram DVDs inteiros para regravação de clássicos há alguns anos.

O caso mais emblemático dos tempos atuais, desde o início da pandemia, é de Ícaro e Gilmar, dupla do interior de Minas Gerais que explodiu durante a pandemia graças aos diversos pot-pourri de modão lançados no YouTube e em plataformas digitais como Deezer e Spotify. Se você foi a algum churrasco ou buteco nos últimos meses, é difícil que não tenha visto na TV os vídeos dos DVDs ‘Sextou BB – 1 e 2’, disponibilizados na íntegra no canal da dupla (cada um com mais de 12 milhões de visualizações cada).

E entre uma moda clássica e outra regravada, há algumas canções autorais dos sertanejos, atualmente instalados em Goiânia, cidade onde já gravaram a terceira edição do projeto, que será lançado em breve. Durante os primeiros meses de pandemia, sem a possibilidade de realização de shows, Clayton e Romário também apostaram no lançamento de um DVD repleto de pot-pourris, com modas como ‘Fala/Cheiro de Shampoo’, ‘Nem Dormindo Consigo Te Esquecer/Preciso Ser Amado’, entre outras. Tal qual Ícaro e Gilmar, Clayton e Romário também ‘presentearam’ os churrasqueiros ao lançar o DVD na íntegra no YouTube.

O trabalho mais recente do tipo é do promissor Lucas Moral (vídeo), de apenas 21 anos, mas com conhecimento de gente grande. Ele, que é do Distrito Federal e agora vive em Goiânia, lançou neste mês de outubro seu primeiro DVD, intitulado ‘Ouviu Bebeu’, que contém 11 pot-pourris de modão.

Com clima intimista e trazendo a boa música como foco, Lucas Moral recebeu nesta primeira parte do trabalho nomes como Zé Ricardo e Thiago, cantando ‘Cadê Você/Paz Na Cama/Entre Tapas e Beijos’; Bruno e Denner em ‘Por Te Amar Assim/Tô Fazendo Falta’; Alexandre Rodriguez em ‘Dois Corações e Uma História/Quem Sou Eu Sem Ela’; Luiz Cláudio em ‘Trânsito Parado/Te Amar Foi Ilusão’ e Racyne e Rafael com o clássico ‘Fuscão Preto/Se Você Ama Perdoa’.

O lançamento de DVDs com clássicos do passado não se restringe somente a novas duplas e cantores que ainda buscam seu espaço no mercado. Basta ver que essa foi também a aposta de Gabriel Gava, aquele do hit ‘Fiorino’, que explodiu há nove anos, e que em setembro lançou o DVD ‘Rolo e Confusão’ só com pot-pourris de modão.



Esse conteúdo pertence ao site:

Conceito Sertanejo

Acesse: www.conceitosertanejo.com.br

Para qualquer dúvida ou reclamação, envie um e-mail para:

contato@tvastros.com.br

Siga-nos e curta-nos:
0
20
Pin Share20

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Com participação de Bruno, Diego & Ramon lançam “Sigo iludido”

‘Revelação das Lives’, Belluco celebra sucesso inesperado na quarentena